Um presente para o monstro de meia

Um presente para o monstro de meia

🎁Outro dia, as cinco crianças da casa estavam de novo de um lado da tela, e a mesma palhaça do outro lado, na casa dela. Ela e o Monstro da Meia Rosa. Nesse dia a palhaça decidiu que ao invés de ficar em conflito com o Monstro, ela ia fazer um agrado bom, ia deixar um lanchinho para ele com a ajuda das crianças. Isso porque o Monstro quando vê a Suzette fica querendo pegar o lenço que ela usa na cabeça e ela não gosta disso. Então ela combinou com as crianças: “gente, vou deixar aqui essa cebola para o monstrinho, quando ele chegar vocês falam que foi um presente meu para ele”.

Suzette some da tela, fica flutuando no quadro uma cebola e chega o famoso Monstro da Meia Rosa. Ele avança na tela cumprimenta as crianças e vai direto na cebola, cheira, reclama, morde, reclama e logo cospe tudo fora. Ele pergunta furioso: “quem deixou essa 🧅 aqui para mim”? “A Suzette!”, respondem as crianças. O Monstro tem um de seus ataques, ele espernearia se tivesse pernas, ele agitaria os braços, mas como é uma meia e só tem boca ele grita: “Suzetteeeeeee”, e vai embora.

Suzette volta e pergunta se o Monstro havia gostado do presente, mas as crianças da casa contam para ela que a cebola foi um fracasso danado. Suzette acha melhor se aconselhar: “crianças o que eu deixo para o Monstro comer agora, batata ou maçã”? “Maçã”, respondem. A palhaça coloca uma bela maçã vermelhinha. Chega o Monstro, que anda cada dia mais amigo das crianças. O Monstro cheira a fruta e fica tão feliz que canta, ele cheira de novo e come tudo de uma vez, tanto que dá para ver a maçã dentro da sua barriga de meia. Satisfeito, se dirige à câmera e pergunta: “crianças, foram vocês que deixaram essa maçã aqui para mim”? “Simmmmmmm”, respondem em uníssono e muito satisfeitas as cinco crianças que conquistaram o coração de um monstro resmungão.

Texto: Dra. Suzette Marie 

Deixe uma resposta