hahaha em números

Para além do acesso à arte e cultura, as intervenções artísticas promovem benefícios à saúde de crianças, adolescente e idosos ao alterar o seu estado de ânimo, estimula a criatividade e o lúdico diante das adversidades vividas pelo adoecimento, a alimentação e menor resistência aos procedimentos médicos.  Aqui, apresentamos um relatório quantitativo de todas as ações do Hahaha. 

3
Instituições atendidas
7
Profissionais que atuam
6000
Intervenções realizadas
6000
pessoas alcançadas

depoimentos

A unidade de pediatria do hc/ufmg sempre foi e será um ambiente aberto para realização de todas ações para minimizar a passagem dos nossos pacientes no hospital. Tive o prazer de estar na pediatria quando este projeto chegou no hospital para transformar momento de tristeza em magia.  A presença de vocês torna tudo mais leve, mais alegre e harmonioso. As ações em datas festivas são aguardadas com muito entusiasmo não só pelos pacientes, mas sim, por toda comunidade hospitalar (servidores, acompanhantes, visitantes e equipe acadêmica). Duas palavras definem este projeto “profissionalismo e doação”. O que me chama mais atenção, é a aceitação do público. Momento mágico que transforma a tristeza em alegria.

Regina Celi Marques de Almeida
Chefe da Unidade de Pediatria
Hc/Ufmg – Filial Ebserh

 

“Avaliamos a presença do Grupo Hahaha no Hospital Paulo de Tarso como positiva. Observa-se que a presença dos mesmos transforma o comportamento e rotina do hospital como um todo, auxilia os pacientes no enfrentamento do processo de internação e tratamento, ajuda os acompanhantes amenizarem suas dores, propicia aos funcionários se mostrarem mais “humanos” e a vida no hospital se torna assim mais harmoniosa, menos dolorosa, mais feliz.

 

Juliana Santos

Psicóloga

Hospital Paulo de Tarso

 

 Enxergarmos a abordagem do grupo Hahaha como método terapêutico, ou seja, ele se propõe a levar amor e se utiliza da comicidade para promover o bem estar, transformando o hospital num ambiente alegre e descontraído. Tudo isso pode ser percebido nos atendimentos, quando os pacientes já ficavam nas expectativas que naquele dia a “alegria iria passar” com a presença do grupo Hahaha. A vinda do Grupo Hahaha contribuiu de forma positiva, alguns pacientes esperavam a vinda dos palhaços e era perceptível a alegria e interação, tanto para os pacientes, acompanhantes e colaboradores da instituição. Eles possuem uma energia e alegria que é contagiante. A cantada de Natal foi emocionante, um paciente hospitalizado lembra-se da sua participação até hoje!”

 

Thamires Mayrink
Coordenadora de Enfermagem
Hospital Paulo de Tarso